sábado, 2 de março de 2013

Adeus Adidas

Oficial: a Nike vai patrocinar a seleção grega a partir de Julho, em contrato que vai até 2016. A Adidas sai após nove anos, pois a empresa vai encerrar suas operações no país

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Sofrida, mas é vitória


Ele mesmo, Salpingidis, fez o gol (décimo da carreira pela Seleção) da vitória pelo placar mínimo contra a Eslováquia, fora de casa, mantendo Grécia e Bósnia empatadas em pontos. Os próximos jogos da Grécia serão contra Liechtenstein.

Falando em eliminatórias: Fernando Santos e membros da comissão técnica já estão no Brasil para pesquisar locais onde a Seleção poderá se hospedar.


Rumores apontam que a EPO trocará de fornecedora de material esportivo em breve: ainda não há notícias de renovação do contrato com a Adidas (que vence no fim do ano), e o SportArena.gr, um dos maiores sites de compra online de artigos esportivos na Grécia, está vendendo as atuais camisas da Seleção com 20% de desconto. Rumores apontam que a EPO vai trocar a Adidas pela Nike.

domingo, 14 de outubro de 2012

"O Mais Internacional de Sempre"

Foi assim que o português Record descreveu a quebra de recorde de Karagounis, que passou Zagorakis como o jogador mais convocado da história da Seleção grega, com 121 convocações.

No jogo, Grécia e Bósnia empataram em 0-0. Os lances de maior destaque foram duas bolas na  trave do lado grego e um lance da Bósnia que Maniatis tirou em cima da linha.

O próximo jogo da Grécia será contra o líder do grupo pela segunda vez seguida. Desta vez, os gregos viajam para a Eslováquia.

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Vários desfalques para o jogo contra a Bósnia

Lesões e problemas de saúde obrigam Fernando Santos a improvisar contra Bósnia e Eslováquia.

Kyriakos Papadopoulos foi convocado, mas não sairá da Alemanha após exames do Schalke 04 revelarem que o zagueiro está com sarampo.

Jose Holebas sofrei contusão na virilha direita na vitória do Olympiacos sobre o Asteras Tripolis (1-0) na última semana e estima-se que o lateral esquerdo deva ficar dez dias afastado.

O volante Giannis Maniatis e o lateral esquerdo Giorgos Tzavellas estão sem condições físicas e não devem jogar contra a Bósnia. Há a possibilidade de Maniatis jogar apesar da má condição.

Stelios Malezas provavelmente será o companheiro de Sokratis Papastathopoulos na zaga contra a Bósnia.

Vassilis Torosidis volta e está 100%. O capitão do Olympiakos perdeu o jogo de Liga dos Campeões contra o Arsenal, mas retornou contra o Asteras Tripolis.

Sem Holebas e Tzavellas, Fernando Santos deve escalar Nikos Spyropoulos como lateral esquerdo titular.

Convocação para os dois próximos jogos das eliminatórias:

Goleiros: Glykos (PAOK), Karnezis (PAO) e Lamprou (Feyenoord)

Defensores: Holebas (Olympiakos), Malezas (Fortuna Dusseldorf), K. Papadopoulos (Schalke 04), Sokratis (Werder Bremen), Siovas (Olympiakos), Spyropoulos (PAO), Torosidis (Olympiakos) e Vyntra (PAO)
Meias: Dimoutsos (Atromitos), Fortounis (Kaiserslautern), Karagounis (Fulham), Katsouranis (sem clube), Maniatis (Olympiakos), Ninis (Parma), Tziolis (APOEL)
Atacantes: Athanasiadis (PAOK), Gekas (Levante), Mitroglou (Olympiakos), Salpingidis (PAOK), Samaras (Celtic)

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Virada

O jogo começou ruim para a Grécia: Kyriakos Papadopoulos cometeu pênalti perto do final do primeiro tempo. Cauna converteu e deixou a Letônia em vantagem.

No segundo tempo a Grécia ganhou o comando do jogo após Samaras entrar no lugar de Mitroglou. Spyropoulos fez um belo gol de fora da área para empatar o jogo e Gekas fez o gol da vitória.

Em compensação, Samaras deixou o campo pouco antes do gol de Gekas (Ninis entrou),  e ainda não se sabe quanto tempo ele ficará afastado. A única coisa certa é que o camisa 7 não jogará contra a Lituânia, amanhã.

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

A jornada para 2014 começa

O técnico Fernando Santos anunciou os jogadores que participarão das partidas contra a Letônia (7 de Setembro) e Lituânia (11 de Setembro), pelas Eliminatórias para a Copa de 2014.

Goleiros: Panagiotis Glykos (PAOK - estréia na Seleção), Ornestis Karnezis (Panathinaikos), Alexandros Tzorvas (Genoa)

Defensores: Jose Holebas, Dimitris Siovas, Vasilis Torosidis (Olympiakos), Stelios Malezas (Fortuna Düsseldorf), Kyriakos Papadopoulos (Schalke), Sokratis Papastathopoulos (Werder Bremen), Nikos Spyropoulos e Loukas Vyntra (Panathinaikos)

Meias: Elini Dimoutsos (Atromitos), Kostas Fortounis (Kaiserslautern), Kostas Katsouranis e Haris Mavrias (Panathinaikos), Giannis Maniatis (Olympiakos), Sotiris Ninis (Parma), Alexandros Tziolis (Monaco)

Atacantes: Stefanos Athanasiadis (PAOK), Lazaros Christodoulopoulos (Panathinaikos), Theofanis Gekas (Levante), Kostas Mitroglou (Olympiakos), Giorgos Samaras (Celtic)


Dos que foram à EURO 2012, Sifakis e Karagounis estão sem clube, Avraam Papadopoulos, Salpingidis e Makos estão contundidos e Tzavellas está fora de forma